• Grupo Tripé

Morre, amor

E pra que se desviar, parar ou pular de um abismo? Não! Ficaremos aqui. Ficaremos contigo, amor. Aliás, o que é o amor? Onde é que ele tá quando eu mais preciso dele? Morre amor, se fode, me arrasta contigo pro céu ou pro inferno, me sequestra pra torre mais alta e se quiser pode me acordar com surra de pau de mole, tu é o amor, tu pode, tu traduz o sentido da minha existência. Motivado por ti, escravizado por ti, impulsionado por ti. Idiota! Não, eu não quis dizer isso, na verdade eu quis mas eu vou mentir pra você, pra você saber como eu me sinto.

4 visualizações

Brasília, DF
2012-2020 por Grupo Tripé | Teatro de Base